Topo
Blog do André Rocha

Blog do André Rocha

Categorias

Histórico

Mais importante que o Vasco 100% é Alberto Valentim ganhar opções no elenco

André Rocha

2023-01-20T19:23:48

23/01/2019 23h48

Em duas rodadas do Carioca depois de apenas 15 dias de pré-temporada, valorizar os 100% de aproveitamento do Vasco, mesmo que os outros três grandes do Rio já tenham perdido pontos, não parece muito razoável. Ou serve apenas para que a nossa lógica resultadista deixe o treinador Alberto Valentim e seus comandados trabalharem em paz.

Objetivamente, os times deveriam estar treinando. Para não tratar as partidas como tempo perdido, a utilidade seria fazer experiências e ganhar ritmo de competição. Também testar para a montagem gradual do elenco pensando em disputas mais relevantes na temporada. Mas sem essa exigência de três pontos diante das equipes de menor investimento.

O comandante cruzmaltino aproveita para dar minutos a Dudu e Marrony, vindo da base reformulada e que colhe frutos no profissional e também na Copa SP, com o clube disputando a final do torneio de base contra o São Paulo. Os garotos foram os autores de três gols nos 5 a 2 sobre o Volta Redonda em São Januário.Dois do atacante, um do meio-campista.

O de Dudu, meia central no 4-2-3-1 vascaíno, aproveitando assistência de Raul Cárceres, outra boa nova até aqui. O paraguaio busca o fundo e é consciente no passe para trás. Também colabora bem atrás na formação da última linha defensiva. Com Marrony mais agressivo e buscando as infiltrações em diagonal, o lateral aproveita o corredor livre para descer com segurança.

Desempenho pelo flanco superior ao de Danilo Barcelos, que, de fato, vem encontrando dificuldades no encaixe pela lateral esquerda. Defendendo e atacando. Nada que justifique vaias tão cedo para um atleta chegando ao clube. Compensou com bela cobrança de falta no terceiro gol que começou a descomplicar e transformar a disputa parelha em goleada.

Lucas Mineiro fechou o placar com boa chegada à frente e também auxiliando Raul na proteção da defesa. Nada espetacular, mas colaborando na montagem de um elenco homogêneo dentro do possível. Enquanto Pikachu começa no banco e Bruno César e Maxi López ainda não são utilizados, Valentim vai testando, mas sabendo da necessidade de vitórias para respaldar o trabalho.

Thiago Galhardo, autor do gol único da vitória sobre Madureira na estreia do estadual, é mais uma peça para acrescentar efetividade ao meio-campo. Quase sempre rendendo mais quando sai do banco de reservas. Outro jogador interessante para as metas do Vasco na temporada.

Enfrentando séria crise financeira e ainda com turbulência política, o clube é obrigado a ter aspirações menos ambiciosas. O título carioca novamente parece o mais palpável. O começo é positivo e os seis pontos transmitem calma e alguma esperança.

Mais que isso, um tempo de alívio para Valentim seguir fazendo o que deveria ser a prioridade mais lógica neste início de ano: observar e avaliar. Sem olhar o placar. Uma utopia, é óbvio.

Sobre o Autor

André Rocha é jornalista, carioca e blogueiro do UOL. Trabalhou também para Globoesporte.com, Lance, ESPN Brasil, Esporte Interativo e Editora Grande Área. Coautor dos livros “1981” e “É Tetra”. Acredita que futebol é mais que um jogo, mas o que acontece no campo é o que pauta todo o resto. Entender de tática e estratégia é (ou deveria ser) premissa, e não a diferença, para qualquer um que trabalha com o esporte. Contato: anunesrocha@gmail.com

Sobre o Blog

O blog se propõe a trazer análises e informações sobre futebol brasileiro e internacional, com enfoque na essência do jogo, mas também abrindo o leque para todas as abordagens possíveis sobre o esporte.

Mais Blog do André Rocha