Topo
Blog do André Rocha

Blog do André Rocha

Categorias

Histórico

Flamengo parece incorrigível na Libertadores e pode reviver inferno de 2017

André Rocha

2024-04-20T19:23:49

24/04/2019 23h49

O que dizer de um time que está há anos convivendo com eliminações na Libertadores, algumas vexatórias, e, ainda assim, se deixa levar por "oba oba", divide atenções e esforços com o insignificante estadual e consegue complicar jogo decisivo fora de casa que estava controlado por pura indolência permitindo um gol típico de final de pelada no último ataque do primeiro tempo?

Esse é o Flamengo derrotado de virada pela LDU por 2 a 1 na Arena Casa Blanca, em Quito. Com Abel Braga suspenso e Leomir à beira do campo. Que já podia estar classificado se não confundisse competição com festa no Maracanã lotado no revés diante do Peñarol.

Ainda assim, depois de abrir o placar com  Bruno Henrique, novamente centroavante com Gabriel Barbosa deslocado pela direita, permitiu o gol de Anangonó em uma ligação direta. Com Pará dando condição, Léo Duarte vacilando e Diego Alves aceitando a bola entre as pernas.

Na segunda etapa, com Diego no lugar de Arrascaeta, perdeu rapidez na transição ofensiva e foi cansando na altitude. Porque não priorizou a Libertadores e desgastou a equipe em uma final de Carioca irrelevante diante do "prejuízo histórico" rubro-negro no torneio continental.

Cedeu espaços até o belo gol de Chicaiza, que entrou na vaga de Jhojan Julio e tornou a equipe equatoriana, mesmo limitada, mais fluente e com volume de jogo. Apesar do esforço hercúleo de Cuéllar, destaque solitário também por se sacrificar na proteção da retaguarda.

Agora a vaga que parecia certa está por um fio e a chance de reviver o inferno de 2017, sendo eliminado fora de casa na última partida, aumenta exponencialmente. Foi o San Lorenzo no Nuevo Gasometro, desta vez pode ser o Peñarol em Montevidéu. Derrotado em Oruro pelo San José, mas dependendo apenas dos próprios esforços para se classificar junto com a LDU.

Ressuscitada por um time pilhado em casa e covarde fora. Também mal treinado, mas, ainda assim, com um pouco mais de seriedade e concentração, poderia estar mais tranquilo. Só que o Flamengo não se ajuda na Libertadores.

Sobre o Autor

André Rocha é jornalista, carioca e blogueiro do UOL. Trabalhou também para Globoesporte.com, Lance, ESPN Brasil, Esporte Interativo e Editora Grande Área. Coautor dos livros “1981” e “É Tetra”. Acredita que futebol é mais que um jogo, mas o que acontece no campo é o que pauta todo o resto. Entender de tática e estratégia é (ou deveria ser) premissa, e não a diferença, para qualquer um que trabalha com o esporte. Contato: anunesrocha@gmail.com

Sobre o Blog

O blog se propõe a trazer análises e informações sobre futebol brasileiro e internacional, com enfoque na essência do jogo, mas também abrindo o leque para todas as abordagens possíveis sobre o esporte.

Mais Blog do André Rocha