Topo
Blog do André Rocha

Blog do André Rocha

Categorias

Histórico

São Paulo e Botafogo confirmam expectativas na estreia. Melhor para Cuca

André Rocha

2027-04-20T19:18:06

27/04/2019 18h06

O Botafogo de Eduardo Barroca teve posse de bola (66%), trocou muito mais passes – 628 a 295 –  e tentou ser protagonista na abertura do Brasileirão. Mesmo no Morumbi e com a autoestima baixa por uma temporada fraca até aqui. Sempre buscando a construção das jogadas com paciência desde a saída de bola, com Gustavo como volante entre as linhas de quatro no 4-1-4-1.

Faltou efetividade de Cícero como ponta articulador pela direita e mais contundência na frente de Erik jogando mais adiantado e Rodrigo Pimpão, o ponta mais agudo procurando as infiltrações em diagonal. Ainda assim, finalizou mais que o adversário: nove a sete, porém apenas duas no alvo.

O São Paulo já mostrou as digitais de Cuca: marcação por encaixe com perseguições no setor colocando muita intensidade, inclusive pressionando a saída botafoguense. Um 4-2-3-1 que aproximava Igor Gomes do estreante Alexandre Pato. A grande diferença em relação ao oponente, porém, foi Antony.

O jovem e talentoso meia canhoto, sim, foi um ponta articulador efetivo. Armando, abrindo o corredor direito para as descidas do rápido lateral Igor Vinícius. Na melhor ação de ataque, o cruzamento na cabeça de Everton. Gol único da primeira etapa mais equilibrada.

No segundo tempo o Botafogo foi avançando as linhas e Barroca colocando mais jogadores na frente: Leo Valencia, Luiz Fernando e Gustavo Ferrareis. Cícero foi recuando e acabou sendo mais útil como volante. Mais adiantado só tocou para trás e para o lado, pouco acrescentou. Algo para o novo treinador repensar, especialmente para os jogos em casa que virão – Bahia e Fortaleza.

O tricolor seguiu controlando e acelerando na hora certa. Como quando Pato arrancou pela esquerda e serviu Tche Tche, outro estreante, que desperdiçou. O meio-campista foi mais feliz, porém, quando fez bela jogada, acionou Hernanes, que entrou na vaga de Igor Gomes, e este rolou para Hudson. Chute no canto e 2 a 0. Uma das quatro finalizações na direção da meta de Gatito Fernández.

Os volantes que marcam e também jogam devem ser mais um trunfo de Cuca. Assim como o jovem Toró, que substituiu Pato e aumentou ainda mais a aceleração na frente. O início de trabalho e o potencial do elenco sinalizam uma trajetória promissora. No jogo em que São Paulo e Botafogo confirmaram expectativas nas propostas de jogo, Cuca levou a melhor em desempenho e resultado.

(Estatísticas: Footstats)

 

Sobre o Autor

André Rocha é jornalista, carioca e blogueiro do UOL. Trabalhou também para Globoesporte.com, Lance, ESPN Brasil, Esporte Interativo e Editora Grande Área. Coautor dos livros “1981” e “É Tetra”. Acredita que futebol é mais que um jogo, mas o que acontece no campo é o que pauta todo o resto. Entender de tática e estratégia é (ou deveria ser) premissa, e não a diferença, para qualquer um que trabalha com o esporte. Contato: anunesrocha@gmail.com

Sobre o Blog

O blog se propõe a trazer análises e informações sobre futebol brasileiro e internacional, com enfoque na essência do jogo, mas também abrindo o leque para todas as abordagens possíveis sobre o esporte.

Mais Blog do André Rocha