Topo
Blog do André Rocha

Blog do André Rocha

Categorias

Histórico

Ficar no PSG seria o maior "castigo" para Neymar

André Rocha

2004-06-20T19:07:04

04/06/2019 07h04

Não há muito o que dizer sobre o "Caso Neymar", que é de polícia. Apenas que é mais uma prova de que o jogador é pouco inteligente na condução da carreira e da vida, além de ser absurdamente mal assessorado. Pelo "staff", por parças e até pelo próprio pai.

A tendência é que jogue a Copa América mesmo em um ambiente pouco tranquilo. Tite precisa de seu jogador mais talentoso para buscar o título e a paz para trabalhar até 2022 e Neymar já parece acostumado a viver nessa montanha russa de emoções.

O maior problema é a imagem de Neymar para o mundo. Seguidas lesões e polêmicas de toda ordem que sempre deixam uma impressão de pouco compromisso com a carreira de atleta tendem a dificultar o que talvez seja a grande meta a curto prazo de Neymar: deixar o Paris Saint-Germain.

Já há consenso entre o craque e os mais próximos que a experiência em Paris não deu certo. Além disso, o projeto do clube francês cada vez mais parece girar em torno de Mbappé, estrela nacional depois do título mundial em 2018. A busca por protagonismo fez Neymar recuar algumas casas no tabuleiro do futebol em seu mais alto nível.

Seria a hora de sair, mas para onde? As únicas portas possíveis e viáveis financeiramente para compensar o PSG da contratação mais cara da história do esporte seriam Real Madrid e Barcelona. O time merengue já tem tudo certo com Hazard, atacante que joga na mesma faixa de campo e tem características parecidas, embora sem tanto poder midiático – fundamental para o clube que perdeu Cristiano Ronaldo.

No Barça teria que reconstruir uma relação de confiança depois da saída para um time com menos história, mas o encaixe em campo seria automático, reeditando o trio MSN com Messi e Suárez na vaga de Philippe Coutinho/Dembelé. Talvez a conclusão seja de que é mais seguro para a cabeça de Neymar ser coadjuvante do gênio argentino do que tentar um voo solo.

Só que agora há uma acusação grave e a reação mais que infeliz, expondo conversas e imagens íntimas de outra pessoa. De repente Neymar virou aposta. Será que vale o investimento? Se os interessados recuarem restará cumprir o contrato no PSG que vai até junho de 2022.

Acordo milionário para morar em Paris por cinco anos. Um sonho para muita gente, incluindo atletas consagrados, mas hoje seria o pior "castigo" para o brasileiro. É mesmo muito difícil entender o Neymar…

Sobre o Autor

André Rocha é jornalista, carioca e blogueiro do UOL. Trabalhou também para Globoesporte.com, Lance, ESPN Brasil, Esporte Interativo e Editora Grande Área. Coautor dos livros “1981” e “É Tetra”. Acredita que futebol é mais que um jogo, mas o que acontece no campo é o que pauta todo o resto. Entender de tática e estratégia é (ou deveria ser) premissa, e não a diferença, para qualquer um que trabalha com o esporte. Contato: anunesrocha@gmail.com

Sobre o Blog

O blog se propõe a trazer análises e informações sobre futebol brasileiro e internacional, com enfoque na essência do jogo, mas também abrindo o leque para todas as abordagens possíveis sobre o esporte.

Mais Blog do André Rocha