Topo
Blog do André Rocha

Blog do André Rocha

Categorias

Histórico

A vitória do Flamengo e uma reflexão sobre tempo, espetáculo e calendário

André Rocha

10/08/2019 21h30

O Flamengo teve uma semana "cheia" para treinar pensando no jogo contra o Grêmio pelo Brasileiro. Indesejada, já que a Copa do Brasil era uma competição importante na temporada. Mas com tempo de trabalho foi possível sair do olho do furacão e tentar equalizar fisicamente o elenco heterogêneo, com quatro jogadores que vieram da Europa no segundo semestre.

O resultado foi uma boa atuação da equipe de Jorge Jesus na vitória por 3 a 1 no Maracanã. Com alguma dificuldade no primeiro tempo contra as transições ofensivas em velocidade de Pepê pela esquerda para cima de Rafinha. Duas boas oportunidades que podiam ter feito os reservas gremistas saírem na frente.

Natural o Fla sentir falta de Everton Ribeiro na articulação e de Gabriel Barbosa na finalização. Até De Arrascaeta aparecer com belo passe  – sétima assistência do uruguaio para gol no novo clube – para Willian Arão abrir o placar. Vantagem que poderia ter sido ampliada se a equipe de arbitragem, VAR incluso, não tivesse ignorado um pênalti claro de Rafael Galhardo sobre Bruno Henrique. Galhardo que acabou sendo o autor do gol de empate na cobrança de penalidade máxima, também evidente, de Pablo Marí tolamente puxando a camisa de David Braz na área rubro-negra.

Na segunda etapa, o ajuste com Berrío procurando mais o lado direito. O colombiano é jogador de velocidade pela ponta, não para jogar de costas. Mesmo compreendendo a falta de opções no ataque é contraproducente. Assim como Bruno Henrique pode ser muito produtivo aberto pela esquerda, ainda mais com Filipe Luís, um lateral construtor que raramente vai ao fundo. Na jogada do atacante com finalização na trave de Júlio César, o gol de Arrascaeta no rebote.

Com Gerson muito bem pela direita e mantendo o nível por dentro depois da entrada de Everton Ribeiro no lugar de Berrío, o Fla dominou o jogo por completo e brindou o público no Maracanã cheio novamente com belas jogadas, individuais e coletivas. Até Everton Ribeiro mostrar para Gerson que também sabe cortar para dentro e finalizar com precisão para fechar o placar.

Vitória que pressiona o Palmeiras e diminui a vantagem do Santos na liderança. Também oportunidade para uma reflexão: se quem paga a conta no futebol brasileiro olhasse com carinho para o espetáculo que proporciona e os torcedores cobrassem um futebol bem jogado associado aos resultados seria possível vislumbrarmos um calendário menos inchado no país. Com o tempo reservado para jogos pouco relevantes, como a grande maioria dos estaduais, sendo dedicado aos treinamentos para melhorar o rendimento.

Imaginemos esse Flamengo mais bem preparado enfrentando os titulares do Grêmio em um cenário que não tornasse quase obrigatório Renato Gaúcho, até pela cultura do clube de priorizar as copas, escalar reservas com tanta frequência no Brasileiro. Que jogo teríamos!

E o maior paradoxo: esse time de Jorge Jesus, se não trocar o treinador nem perder peças, provavelmente estará voando no início de 2020. Com todos adaptados ao clube, ao futebol brasileiro e com uma pré-temporada, ainda que longe do tempo ideal para trabalhar. Tudo isso para encarar um Carioca pouco desafiador…e chegar cansado e com vários jogos nas costas no segundo semestre, quando as principais competições afunilarem.

Talvez um dia o futebol seja realmente prioridade no país. Acima de ganâncias e politicagens. Enquanto aguardamos o quase impossível vamos nos contentando com espasmos como o espetáculo rubro-negro em um divertido sábado à noite.

 

Sobre o Autor

André Rocha é jornalista, carioca e blogueiro do UOL. Trabalhou também para Globoesporte.com, Lance, ESPN Brasil, Esporte Interativo e Editora Grande Área. Coautor dos livros “1981” e “É Tetra”. Acredita que futebol é mais que um jogo, mas o que acontece no campo é o que pauta todo o resto. Entender de tática e estratégia é (ou deveria ser) premissa, e não a diferença, para qualquer um que trabalha com o esporte. Contato: anunesrocha@gmail.com

Sobre o Blog

O blog se propõe a trazer análises e informações sobre futebol brasileiro e internacional, com enfoque na essência do jogo, mas também abrindo o leque para todas as abordagens possíveis sobre o esporte.

Mais Blog do André Rocha