Topo
Blog do André Rocha

Blog do André Rocha

Categorias

Histórico

Athletico vira história do avesso com intensidade máxima. Grêmio não jogou

André Rocha

04/09/2019 21h33

O Grêmio não jogou na Arena da Baixada. O time de Renato Gaúcho sofreu sem o suspenso Everton e depois com a lesão de Leonardo ainda no primeiro tempo, mas principalmente pela intensidade do Athletico. Em comunhão com a torcida, aproveitando a grama sintética que acelera o jogo.

Mudança rápida de atitude nas transições defensiva e ofensiva. Pressão logo após a perda da bola, busca do ataque com futebol objetivo assim que a recupera. Em um 4-3-3 que aproximava o tempo todo os meias Léo Cittadini e Bruno Guimarães, os melhores em campo, do trio formado por Rony e Nikão alternando nas pontas e Marco Rúben no centro do ataque.

Posse de bola que girou em torno de 70%, mas sem muitos passes laterais. Poderia até ter resolvido em 90 minutos, mas os cuidados depois de alcançar os 2 a 0, gols de Nikão e Ruben, que levavam para os pênaltis são naturais, mesmo depois da expulsão de Kannemann por entrada tresloucada em Cittadini. As nove finalizações contra sete – três a dois no alvo – não retrataram o que foi o jogo.

Nos pênaltis, cobranças precisas até Santos pegar a cobrança de Pepê, justamente o substituto de Everton. Mas a ausência não justifica a atuação pífia do time cujo treinador se vangloria de atacar dentro ou fora de casa. Também não tira os méritos da equipe que eliminou os brasileiros semifinalistas da Libertadores e alcança a segunda final do mata-mata nacional, repetindo 2013.

Virando a história da semifinal do avesso e afirmando o bom trabalho de Tiago Nunes que tem competência para usar o mando de campo como poucos no futebol brasileiro. O Grêmio foi mais um que não suportou.

(Estatísticas: Footstats)

Sobre o Autor

André Rocha é jornalista, carioca e blogueiro do UOL. Trabalhou também para Globoesporte.com, Lance, ESPN Brasil, Esporte Interativo e Editora Grande Área. Coautor dos livros “1981” e “É Tetra”. Acredita que futebol é mais que um jogo, mas o que acontece no campo é o que pauta todo o resto. Entender de tática e estratégia é (ou deveria ser) premissa, e não a diferença, para qualquer um que trabalha com o esporte. Contato: anunesrocha@gmail.com

Sobre o Blog

O blog se propõe a trazer análises e informações sobre futebol brasileiro e internacional, com enfoque na essência do jogo, mas também abrindo o leque para todas as abordagens possíveis sobre o esporte.

Mais Blog do André Rocha