Topo
Blog do André Rocha

Blog do André Rocha

Categorias

Histórico

Início de temporada do Barcelona já preocupa e risco na Champions é real

André Rocha

04/09/2019 06h46

Uma vitória, um empate e uma derrota em três rodadas da liga espanhola. Os resultados iniciais do Barcelona em jogos oficiais não são bons para o altíssimo nível do clube, ainda mais na competição por pontos corridos que dominou nos últimos anos. Mas considerando as ausências por lesão de Messi e Suárez, mesmo já deixando o Atlético de Madrid abrir cinco pontos, não é algo inalcançável, longe disso. E a prioridade do clube catalão deve ser mesmo a Liga dos Campeões.

O problema é que Ernesto Valverde precisava de seus protagonistas no ataque para trabalhar o encaixe de Antoine Griezmann no trio e o ajuste da equipe que também precisa adaptar o jovem holandês Frenkie De Jong ao meio-campo que tem alternado Busquets, Rakitic e Arthur como companheiros de setor. A necessidade de um acerto rápido na temporada tem uma razão.

O Barça caiu no complicado Grupo F da Champions, com Borussia Dortmund e Internazionale, mais o Slavia Praga que deve ser o "sparring" e possível fiel da balança em termos de saldo de gols. A estreia já acontece no dia 17 contra os alemães no Signal Iduna Park.

O Dortmund tropeçou feio na terceira rodada da Bundesliga contra o debutante Union Berlin. Derrota por 3 a 1 que fez o Leipzig assumir a liderança como único 100% em três rodadas e o Bayern de Munique, que empatou na estreia em casa com o Hertha Berlin por 2 a 2, abrir um ponto de vantagem.

Mas continua sendo uma equipe competitiva, comandada por Lucien Favre e que conta com a experiência de Matts Hummels na zaga e Marco Reus na linha de meias de um 4-2-3-1 com Jason Sancho voando pela direita, já com três assistências na temporada, e servindo Paco Alcácer, que foi às redes quatro vezes.

Na segunda rodada, em dois de outubro, o Barcelona recebe no Camp Nou a Internazionale. A equipe agora comandada por Antonio Conte, treinador intenso e que costuma fazer suas equipes se tornarem competitivas rapidamente.

Já alcançou duas vitórias na Série A italiana trabalhando em um 3-5-2 com Candreva e Asamoah colocando muita intensidade pelas alas e a sacada de colocar um lateral no trio de zagueiros pela direita para dar mais rapidez e agilidade à retaguarda – no Chelsea era Azpilicueta, nos neroazzurri o escolhido é Danilo D'Ambrosio. Mas a força mesmo está na dupla de ataque formada por Lukaku e Lautaro Martínez, que já vem demonstrando bom entendimento e marcaram os gols da vitória sobre o Cagliari por 2 a 1.

Não são times da prateleira do Barcelona no cenário europeu e mundial, mas podem dar trabalho. Ainda mais para uma equipe que até aqui é uma grande incógnita. É possível dar engate imediato com o retorno de Messi, afastado por contusão na panturrilha que parecia corriqueira, porém tirou o craque da pré-temporada e das primeiras partidas.

Mas qualquer oscilação nas duas primeiras rodadas devem tornar os jogos de volta muito tensos. Uma terceira colocação e vaga na Liga Europa sempre parecem improváveis para os gigantes do continente, mas a dura realidade é que o sorteio desta vez não foi generoso e o contexto não é dos mais animadores.

A boa notícia até aqui é o início com muita personalidade do jovem guineense Ansu Fati, 16 anos e já marcando gol no time profissional do Barça. E pouco além disso. Ainda os problemas defensivos, a baixa intensidade de Busquets e a dependência da profundidade das descidas de Jordi Alba pela esquerda. Setor que deve ter Griezmann, protagonista com dois gols nos 5 a 2 sobre o Real Betis, mas atuando como "falso nove".

Tudo parece em suspenso aguardando por Messi. Natural depender de um dos grandes da história e o argentino costuma dar boas respostas e desequilibrar, mas não deixa de ser preocupante. O risco na Champions é real e precisa ser levado a sério.

 

Sobre o Autor

André Rocha é jornalista, carioca e blogueiro do UOL. Trabalhou também para Globoesporte.com, Lance, ESPN Brasil, Esporte Interativo e Editora Grande Área. Coautor dos livros “1981” e “É Tetra”. Acredita que futebol é mais que um jogo, mas o que acontece no campo é o que pauta todo o resto. Entender de tática e estratégia é (ou deveria ser) premissa, e não a diferença, para qualquer um que trabalha com o esporte. Contato: anunesrocha@gmail.com

Sobre o Blog

O blog se propõe a trazer análises e informações sobre futebol brasileiro e internacional, com enfoque na essência do jogo, mas também abrindo o leque para todas as abordagens possíveis sobre o esporte.

Mais Blog do André Rocha