PUBLICIDADE
Topo

"Maestro" Brandt é o destaque do clássico na volta da Bundesliga

André Rocha

16/05/2020 12h26

Estádio vazio, muitas dúvidas, comportamentos que não são inerentes ao futebol. Foi tudo muito estranho nessa volta da Bundesliga. Mas mesmo em um contexto difícil, o mais complexo da história recente, retomar a experiência de um jogo ao vivo foi saudável.

Melhor ainda testemunhar o futebol de Julian Brandt. Com liberdade de movimentação como um dos meias atrás de Haaland no 3-4-2-1 do Borussia Dortmund, o camisa dezenove desfilou entre as duas intermediárias e participou dos quatro gols da equipe da casa no Signal Iduna Park.

Aproveitando também a marcação distante e sem intensidade do Schalke 04. Um 4-1-4-1 com muitos espaços entre os setores e o goleiro Schubert demonstrando insegurança. Perdendo confiança a cada gol sofrido e desmanchando com os contragolpes do rival. Tirando qualquer possibilidade de equilíbrio no clássico do Vale do Ruhr.

Mesmo com o talento inglês de Sancho só tenha entrado em campo no segundo tempo disputado em ritmo de treino depois de 60 minutos. Natural depois de mais de dois meses de inatividade. Mas nada que justificasse a passividade do Schalke, que ocupava a sexta colocação antes do início da 26ª rodada.

Também não tira os méritos de Brandt. Destaque para o belo toque que acelerou o ataque para Thorgan Hazard servir Haaland no primeiro gol. Duas assistências, dois passes decisivos para gols. Sintonia fina também com Raphael Guerreiro, o ala pela esquerda que foi às redes duas vezes.

Com os times longe do melhor condicionamento e sem a devida concentração no jogo por motivos óbvios, a superioridade técnica e tática do Dortmund se impôs naturalmente. No ritmo de Brandt, o "maestro" no Signal Iduna Park.

Sobre o Autor

André Rocha é jornalista, carioca e blogueiro do UOL. Trabalhou também para Globoesporte.com, Lance, ESPN Brasil, Esporte Interativo e Editora Grande Área. Coautor dos livros “1981” e “É Tetra”. Acredita que futebol é mais que um jogo, mas o que acontece no campo é o que pauta todo o resto. Entender de tática e estratégia é (ou deveria ser) premissa, e não a diferença, para qualquer um que trabalha com o esporte. Contato: anunesrocha@gmail.com

Sobre o Blog

O blog se propõe a trazer análises e informações sobre futebol brasileiro e internacional, com enfoque na essência do jogo, mas também abrindo o leque para todas as abordagens possíveis sobre o esporte.